Casas para que te quero – comprar ou alugar?

Quem casa quer casa e quem ensina e estuda também!


Já lá vai o tempo em que sair de casa para casar era o evento do ano. Sair de casa é o pão nosso de cada dia, com a mobilidade constante que agora acontece no nosso país, devido à procura de emprego que agora se estende muito mais ‘além fronteiras’, sejam elas nacionais ou internacionais, e devido à entrada de estudantes em universidades longínquas.

Tomemos o exemplo dos professores, cujo nome de profissão deveria ser alterado para ‘nómadas profissionais’, que, quando tendo a sorte  de ser colocados, têm de andar de escola em escola por todo o país, seja ela onde for. Nas Ilhas, no Norte, no Centro ou a Sul!

O mesmo se passa com os estudantes que se candidatam a diferentes universidades: muitos por escolha própria, outros porque não têm alternativa e como 2ª, 3ª ou quarta opção têm de ir para longe de casa na altura de regressar à escola e às aulas.

Sendo esta a realidade, quisemos aqui ajudar na procura de novos lares. Seja para os professores nómadas, os estudantes aventureiros, os recém recém-juntos ou casados, os solteiros solitários que querem paz e sossego e ainda os que só querem ir de férias: temos casas para alugar e casas para venda, para todos!

Alugar Casa – ao estilo nómada


Sejam casas, moradias ou apartamentos para alugar, há que ter opções para todos. Desde o quarto dos fundos às casas mais modernas ou até casas de luxo, o que importa é ter por onde escolher.

Estudantes e professores – podem encontrar nos grandes pólos urbanos, como Lisboa, Porto e Braga, apartamentos T0 ou T1 para alugar, ou ainda quartos, que são a opção mais económica para quem precisa de uma solução temporária. Se por outro lado forem colocados nas ilhas da Madeira ou Açores, não se preocupem. São zonas já preparadas para este tipo de ‘visitantes’ e os moradores ou imobiliárias locais têm sempre algo disponível.

Os recém-juntos ou casados – hoje em dia a opção mais comum entre casais que querem viver juntos ou até os que casam, é alugar  um apartamento para começar uma vida a dois. Isto porque, a médio-prazo, esta é a escolha mais económica  e que permite não andar sempre a  contar tostões e ter as contas em dia. Aqui todos ficam a ganhar, até o senhorio!

Os solteiros inveterados – para aqueles que já estavam fartos de viver com os pais e não se importam da vida de solteirão, o aluguer de pequenos apartamentos é a escolha ideal – menos para limpar e pouco onde gastar. Nas diversas imobiliárias ou online pode encontrar muitos imóveis para arrendar deste tipo, alguns até vem decorados – só faltava embrulhar para oferta!

Comprar casa – criar raízes


Os Organizados e Endinheirados - Para os que já saíram da fase nómada, e estão prontos a criar raízes continuam a haver diversas opções. Opções que podem recuar até mesmo à fase do construir. Se já tem o plano e o orçamento para sua casa de sonho pode sempre ver que terrenos existem para venda no mercado e começar a pensar na fase da construção. Aqui, além das agências imobiliárias vai provavelmente precisar de empresas de construção, arquitectos, engenheiros, empreiteiros e por fim os móveis e a decoração. Pano para mangas para esta sua moradia de luxo!

Os Investidores - Se por outro lado é um investidor atento ao mercado, esta época pós-crise ainda lhe pode trazer benefícios. Fique atento aos leilões de imóveis e a imóveis penhorados, que podem representar uma oportunidade de ouro para um investimento baixo com um retorno muito maior daqui a uns anos!

Os ‘Familiares’ – os que querem as coisas de modo a ter o mínimo de conforto, alguma economia e um espaço que permita construir família e providenciar o melhor para os filhos. Estes são os mais comuns e de longe ps maiores representantes da maior parte das ‘famílias portuguesas’. Se se encontra neste patamar facilmente vai gostar também de viver nos subúrbios que falámos, mas perto de parques, escolas, transportes e supermercados. 

Se quer estar perto dos maiores centros, como Lisboa e Porto, as melhores zonas para alugar apartamentos e até mesmo moradias, onde podem conseguir melhores casas a um menor preço, são as periferias destas grandes cidades, como Almada, Montijo ou Setúbal,  na Margem Sul, e Loures, Odivelas ou Vila Franca, na margem Norte de Lisboa. Já no Porto pode optar por Vila Nova de Gaia ou Matosinhos. No entanto, se faz questão de estar no centro da metrópole e prefere um apartamento de luxo, sem olhar a preços, existem lofts modernos de fazer brilhar o olho em zonas 'In' como a Lapa, Chiado, Saldanha, Alfama!

Casas de férias – o descanso merecido


Para os que apenas estão naquela altura do ano que todos adoram, época de férias, mas não gostam de quartos de hotel, é fazer o gosto ao dedos com as inúmeras opções de aluguer para férias em Portugal: desde casas rústicas na serra da estrela, passando pelas casas típicas das aldeias de xisto, zonas perfeitas para desfrutar de uma escapadinha de Inverno ou férias de páscoa,  até às  típicas moradias alentejanas e terminando nas vivendas com piscina no algarve, local ideal para umas férias de verão.

É só preparar a bagagem, fazer a revisão ao carro e ir de malas em cunha para desfrutar do descanso merecido!

Então, vamos escolher a sua casa?