Luísa Santos27 Jan 2020

Operadores turísticos vs. Agências de viagens

A Diferença Entre Os Operadores E As Agências

Quando o assunto são “férias”, há uma luz interior que ilumina toda e qualquer pessoa que há muito aguarda por uns dias que quebrem a rotina. É nesse tema que dois conceitos coexistem: o de operadores turísticos e o de agências de viagens.

No entanto, são frequentes as situações em que ambos os termos se confundem e são, por isso, associados entre si. Também existem os casos em que se pensa que ambos os ramos se referem exatamente à mesma coisa, algo que está totalmente errado.
Quer estejas a sonhar com as próximas férias, quer tenhas acabado de marcar um novo roteiro, é importante que saibas distinguir os operadores turísticos das agências de viagens.

Operadores turísticos: o que são e o que fazem

Muito sucintamente, os operadores turísticos são as empresas responsáveis pelo estudo e compilação de vários pacotes de férias - sejam eles citadinos, no meio das montanhas ou nas praias mais desertas.

No fundo, são eles os responsáveis pela elaboração de todos os pacotes de férias possíveis, assim como pela respetiva apresentação de preços e, até, pelas possibilidades de personalização de cada pacote inicialmente elaborado.

Por outras palavras, os operadores turísticos são um “faz tudo”, a solução que muitas pessoas procuram para escolher a próxima viagem ou roteiro cultural.

No fundo, são essas as empresas que preparam e apresentam todas as possibilidades de voos e alojamento que existem para determinado destino, ficando a cargo do cliente apenas o pagamento do pacote escolhido.

Mais do que a apresentação de novos destinos e possibilidades de alojamento, os operadores turísticos são responsáveis, muitas das vezes, pela elaboração de roteiros culturais - onde, no preço final apresentado, já estão incluídas entradas para museus e monumentos considerados imperdíveis.

A par disso, também dão sugestões, por exemplo, sobre os restaurantes que não podem faltar em cada visita, pelo que acabam a organizar itinerários complexos dentro de uma ou mais cidades. Tudo o que os turistas precisam de fazer é escolher o pacote que mais lhes agrada e proceder ao seu pagamento.

Os operadores turísticos mais conhecidos no nosso país são, por exemplo, a TUI, a Soltrópico, O Leme ou a Mundiviagens. Também existem aqueles casos em que alguns operadores, como é o caso da TUI, funcionam, também, como agência de viagens.

São os operadores turísticos que criam os programas e brochuras que encontras disponíveis em agências de viagens.

homem-aeroporto.jpg


Agências de viagens: o que são e o que fazem

Face à explicação anterior, já deves ter percebido que o foco de trabalho entre os operadores turísticos e as agências de viagens é muito diferente - sendo que, estas últimas, são as responsáveis pela venda final de pacotes de férias as clientes/turistas.

As agências de viagens são empresas privadas que, no fundo, atuam como intermediárias entre os operadores e os clientes finais. São elas que, em lojas físicas ou online, vendem os pacotes que os operadores prepararam - sendo que cada agência tem diferentes acordos com diferentes operadores, daí as diferenças de preços que existem para o mesmo destino.

As agências têm, por isso, como função última a venda de pacotes de férias - sejam eles citadinos, paradisíacos ou até em cruzeiros. Tudo depende, por isso, da oferta de que dispõem para apresentar aos seus clientes.

Assim sendo, se precisares de reservar uma viagem, é a uma agência que te deves dirigir. Lá, encontras diferentes pacotes que, geralmente, incluem voos e estadia - existindo ainda a possibilidade de personalizar a oferta a teu gosto (em alguns casos).

É também às agências de viagens que deves recorrer caso te depares com algum problema ou queiras, até, cancelar um pacote reservado. São elas as responsáveis por conduzir o atendimento ao cliente e garantir que, este, acaba satisfeito com a sua escolha.

A oferta é vasta e há um sem número de agências de viagens de entre as quais podes escolher para planear as tuas próximas férias. Algumas das mais conhecidas, a operar em Portugal, são as que se seguem:


Contas feitas, é importante que compares toda e qualquer oferta para o destino que pretendes. Avisamo-te, desde já, que as opções são várias e exigem, de facto, muita atenção antes que uma reserva seja feita.

Hoje em dia, todas as agências dispõem de um site muito completo, onde encontras os mais variados tipos de pacotes de férias. No entanto, aconselhamos-te a visitar os espaços físicos dessas agências, já que é lá que podes receber aconselhamento personalizado por parte de um agente de viagens.

Como tal, é muito importante que esclareças para onde queres viajar, em que datas e quais as comodidades que não dispensas num hotel. Todas essas referências irão tornar não só a sua pesquisa facilitada, como o trabalho do agente muito mais personalizado.
categorias relacionadas
sobre o autor
Luísa Santos
Content Writer

A paixão pelas palavras acompanha-a desde sempre e a curiosidade por aquilo que não sabe leva-a a verbalizar todas as...

ver perfil
61
Publicações
Experiência relacionadas