Miguel Arranhado16 Nov 2019

Já conheces os melhores tipos de telhas para o armazém da tua empresa

Tipo de cobertura e custo necessário para cobrir uma área


É de notar que ter em consideração o custo do material não é o mesmo que optar por aplicar o material mais barato e de menor qualidade, porque isso implica ter de fazer a substituição das peças com mais frequência e, consequentemente, ter mais gastos. O equilíbrio ideal é aquele que tenha uma matéria-prima de grande durabilidade e um bom preço.

Para te ajudar, deixamos-te aqui este miniguia sobre os vários tipos de telhas para armazém para que possas fazer a escolha certa no momento de construíres ou reformares o teu espaço. 


Conhece os tipos de telhas para armazém


Existem várias telhas disponíveis no mercado e podem variar consoante a sua composição e os seus materiais, mas também no que toca ao formato necessário para a sua correta aplicação em espaços amplos.

Telhas metálicas


As telhas metálicas são as mais utilizadas, quando é necessário cobrir armazéns. Isto, porque as peças são feitas à medida e podem ter até 12 metros. Ou seja, são precisas menos peças para cobrir um telhado inteiro.

Para além disso, este material oferece maior resistência, durabilidade e é de fácil instalação. Estas telhas são ideais para armazéns que também tenham uma estrutura metálica ou pré-moldada de cimento. 

Este tipo de telhas pode ainda ter três tipos de revestimento:

Telha galvanizada: É uma telha de aço e banhada em zinco fundido, o que permite ter um sistema de galvanização e evitar a oxidação e a ferrugem. Ou seja, torna o material muito resistente e durável. Contudo, o seu tempo de vida útil vai ser determinado pelo ambiente em que for aplicado. 

Telha galvalume: É um tipo de telha metálica com um revestimento ainda mais especial que a galvanizada. Enquanto a telha galvanizada utiliza apenas zinco na sua composição, a galvalume recebe uma blindagem composta de 55% de alumínio, 46,5% de zinco e 1,5% de silício. O que a torna quatro vezes mais resistente e ideal para lugares em que a corrosão atmosférica é muito elevada.

Telha termoacústica: Também conhecidas por telhas sanduíche, uma vez que são feitas com duas laminas de aço e preenchidas com poliuretano ou poliestireno expandido (materiais em forma de espuma com micro-células fechadas). Oferecem um excelente isolamento térmico e acústico, mas podem ser um pouco caras de mais para fazerem a cobertura de grandes espaços.

Telhas de cimento


Este tipo de telha pode ser feito de fibra de papel orgânico ou de fibra de vidro impregnada com asfalto e grânulos minerais. 

É uma telha relativamente barata, mas muito pesada para os armazéns. Para além disso, não exige muita manutenção, mas não tem uma durabilidade tão grande como a anterior. Por essa razão, é uma das últimas opções, quando é necessário cobrir espaços muito grandes.

Telhas de fibrocimento


São feitas de fibras sintéticas e de cimento, tendo sido criadas para substituir as antigas telhas de amianto, que são um perigo para a nossa saúde. 

Estas telhas são leves e baratas, principalmente quando comparadas com os outros modelos existentes, mas absorvem muito calor e deixam o ambiente dentro do armazém muito quente. Também são mais frágeis, o que pode levar à necessidade de substituir constantemente as peças, criando, assim, custos extras com a manutenção.

Telhas onduladas


Este tipo de telha é curvo e, por isso, este modelo é muito usado em espaços desportivos, por exemplo. 

Se a sua arquitetura do teu espaço te obriga a ter um telhado que tenha um acabamento diferente, as telhas com ondas são as mais indicadas para conseguires esse efeito. 

Telhas autoportantes


São telhas indicadas, acima de tudo, para grandes edifícios com grandes vãos. Ou seja, são uma boa opção para espaços amplos, como empreendimentos industriais, prédios comerciais, ginásios e hangares. 

O interessante destas telhas é que, muitas vezes, têm de ser fabricadas no local da obra, podendo ter pecas com comprimentos muito grandes. É daqui que vem seu o nome.

Faz a escolha certa


Agora que já conheces os vários tipos de telhas mais usadas para recobrir armazéns, só precisas de pensar em qual deles é que irás acabar por confiar para o teu projeto.

Se o teu espaço não for muito amplo, deve bastar uma telha ondulada. Já para áreas de média ou grande dimensão, escolha telhas do tipo autoportante.

No que toca ao tipo de material em que elas serão confecionadas, também terás de tomar uma decisão, se preferes uma matéria-prima de baixo custo, mas que obriga a manutenção e a uma despesa constante, ou uma de melhor qualidade e que te irá livrar de problemas futuros. Nesse sentido, as telhas metálicas têm uma maior vantagem sobre as restantes. 

Não te esqueças também que as telhas autoportantes só são fabricadas em aço galvanizado ou galvalume. 
Categorias Relacionadas
sobre o autor
Miguel Arranhado
Consultor de Marketing Digital

Já fui chamado por muitos nomes. “Editor”, “Chato”, “Chefinho”, ou (o meu preferido) “Mini-Chefe”. Sou amante das...

ver perfil
45
Publicações
Dicas relacionadas