O seu navegador é demasiado antigo. Algumas funcionalidades poderão não funcionar.

Por favor faça download de um navegador mais recente aqui. Obrigado!

Cenfim-Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica

Sobre Cenfim-Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica

O CENFIM - Centro de Formação Profissional da Indústria Metalúrgica e Metalomecânica é um centro protocolar de âmbito nacional, que promove a formação, orientação e valorização profissional dos Recursos Humanos do Sector Metalúrgico, Metalomecânico e Eletromecânico.

O CENFIM tem 13 Núcleos: em Amarante, Arcos de Valdevez, Caldas da Rainha, Ermesinde, Lisboa, Marinha Grande, Oliveira de Azeméis, Peniche, Porto, Santarém, Sines com um Polo em Grândola, Torres Vedras e Trofa; com sede em Lisboa e no Porto.

O Núcleo de Sines iniciou atividades no final do ano de 2008, tendo alargado a sua área de atuação com a abertura de um pólo em Grândola em fevereiro de 2018.

Estas duas unidades estão em plena fase de desenvolvimento com uma oferta de ações de formação para vários públicos: jovens, adultos e empresas.

Localizado na Zona Industrial Ligeira 2 de Sines, compreende um espaço oficinal destinado a formação nas componentes práticas em construções metálicas, maquinação convencional e soldadura (18 postos), espaço social e de refeições bem como edifício com 5 salas de formação, uma delas destinada ao ensino da informática, e ainda uma sala de reuniões e uma oficina para montagens elétricas, adequadamente equipada, bem como sala para os respetivos serviços de apoio.

O pólo de Grândola dispõe de oficina de formação na área da programação CNC, laboratório de mecatrónica, sala de informática e duas salas de aula, bem como sala de serviços de apoio.

Em termos de atividade, o Núcleo tem uma abrangência de operação nos conselhos de Grândola, Alcácer do Sal, Sines, Santiago do Cacém e Odemira, sendo que a relação com as empresas tem vindo a ser uma prioridade de atuação. Neste contexto há a registar colaborações muito ativas no terreno, as quais poderão perspetivar que o Núcleo se possa posicionar como uma plataforma de desenvolvimento local, articulando a produção com outros centros de desenvolvimento de saber, nomeadamente instituições de ensino superior politécnico.

Fotos
Publicações relacionadas