Luísa Santos29 Jan 2020

sementes

produtos agrícolas

máquinas agrícolas

Agricultura e Horticultura: as diferenças

São áreas e conceitos diferentes.

Parecem semelhantes, mas dizem respeito a áreas diferentes. A agricultura e a horticultura podem, até, complementar-se, mas ocupam-se de atividades diferentes. Fica a conhecer as suas características e principais diferenças.

O que é a agricultura

Antes de mais, é importante que saibas que estamos a falar de uma atividade ancestral, que desde sempre existiu no quotidiano das populações, não fosse a sua existência imprescindível ao cultivo de alimentos.

Era disso que, maioritariamente, as pessoas viviam. De uma área onde se cultivava aquilo que, mais tarde se comia. Estamos, por isso, a falar de uma altura em que não existiam os serviços que hoje conhecemos, tão comuns como as mercearias ou os supermercados.

As sementes eram lançadas na terra e era preciso aguardar até que o alimento crescesse e atingisse a altura ideal para ser colhido. Da terra para a mesa, era assim que a maior parte das populações vivia antigamente, numa prática que ainda hoje perdura em certos pontos do país.

O significado da agricultura
Em termos mais específicos, podemos dizer que a agricultura é constituída por um conjunto de técnicas diferentes que, consoante aquilo que se está a cultivar, se ocupa de novas e específicas formas de produção.

Mas, aquilo que essas técnicas têm em comum é o facto de cultivarem, de uma forma ou de outra, produtos agrícolas com o objetivo de obter, maioritariamente, alimentos e bebidas.

A agricultura também pode ser referida como uma ciência, porque na verdade o é, ainda que tenha um outro nome. Estamos a falar, por isso, da agronomia, a área responsável pelo estudo das principais características das plantas e dos solos, com o objetivo de melhorar as técnicas utilizadas.

A agricultura beneficia muito da agronomia por ser esta última a responsável por estudar e indicar os melhores locais para cada uma das plantações. Como bem sabes, cada produto tem as suas especificidades de cultivo, pelo que as condições perfeitas para que o seu crescimento aconteça não são transversais a todos.

Em poucas palavras, a agricultura é vista como a arte de cultivar os campos. Como já referido, cada produto tem as suas necessidades específicas de plantação e cultivo e são os agricultores os verdadeiros responsáveis por garantir que cada alimento cresce de forma saudável. Na verdade, são vários os fatores que influenciam o crescimento de um produto, dos quais destacamos:

  • As características do solo (estrutura, textura, substâncias minerais e microorganismos);
  • O nível do lençol freático;
  • O clima (temperatura, frequência de precipitação, de sol e vento)

Antigamente, era o agricultor que se inteirava de todos estes fatores e plantava cada produto de acordo com o seu conhecimento do próprio e da área a cultivar. Os séculos foram passando e com eles chegaram as primeiras máquinas agrícolas, que aceleram processos de produções em massa.

maca.jpg


O que é a horticultura

A agricultura subdivide-se em vários ramos como, de resto, já referimos neste artigo. Um desses ramos é a horticultura que, tal como o próprio nome indica, se dedica à produção e aproveitamento de frutos, legumes, árvores, arbustos e flores. 

Da horticultura também fazem parte a jardinagem e os arranjos florais, por se relacionarem com os segmentos de atividade acima mencionados. Este é um dos ramos mais importantes da agricultura - veja-se pela existência de cursos superiores especializados em horticultura.

Tendo em consideração aquilo de que a horticultura se ocupa, é possível afirmar que, esse ramo, inclui outras especificações, nomeadamente:

  • Silvicultura: ciência que trata e estuda a cultura das matas e outras plantações;
  • Fruticultura: ocupa-se da cultura de árvores frutíferas;
  • Floricultura: ocupa-se, maioritariamente, do cultivo de flores;
  • Cultivo de plantas medicinais: como é o caso do absinto, alecrim, acorus e agastache;
  • Cultivo de cogumelos (comestíveis ou não).

A partir desta distinção, já terás percebido que existe uma diferença grande entre a agricultura e a horticultura. É claro que, a última, também se ocupa da produção de certos alimentos, como é o caso dos legumes e frutos, mas a sua área de atuação não se esgota aí.

A horticultura ocupa-se de um ramo muito mais específico e investe no estudo de outras áreas mais específicas, enquanto a agricultura compreende todos os ramos envolvidos no cultivo de produtos agrícolas - com o fim último de alimentação, na maior parte das vezes.

A horticultura é igualmente responsável por investigar as condições ideais para produzir os produtos que produz. Apesar de fazer parte da agricultura, este ramo é independente e coexiste numa realidade muito própria.

Mas há outros ramos que se inserem na agricultura, como é o caso da agricultura biológica, por exemplo. Na verdade, à medida que os anos passam, parecem existir cada vez mais ramos, cada vez mais especializados naquilo que produzem e comercializam.
Categorias Relacionadas
sobre o autor
Luísa Santos
Content Writer

A paixão pelas palavras acompanha-a desde sempre e a curiosidade por aquilo que não sabe leva-a a verbalizar todas as...

ver perfil
61
Publicações
Experiência relacionadas