Luísa Santos29 Jan 2020

8 mercearias para ir às compras no Porto

Mercearias históricas que ainda têm as portas abertas.

Hoje em dia, tudo o que é mais "antigo" conhece novas abordagens que, inesperadamente, surpreendem toda a gente. É o caso das mercearias, lojas tradicionais de venda de produtos alimentares que, de repente, coexistem com espaços novos e totalmente modernos. Deixemos, para já, esses de parte e foquemo-nos nas mercearias tradicionais mais antigas do Porto.

Ir às compras à mercearia: 8 boas opções no Porto

É verdade que nem todas resistem à passagem do tempo, mas também é certo que há muitas que continuam de portas abertas e com os negócios a correr "de vento em popa". É isso que acontece com as mercearias antigas portuenses que, ainda hoje, recebem milhares de visitas.

Não podemos negar que, com o crescimento do turismo, a curiosidade aumentou e, consequentemente, as visitas a estes espaços. De facto, falamos de uma tradição e forma de vender muito "portuguesas", algo que capta a atenção dos estrangeiros que visitam o país.

É nesse sentido que te queremos dar a conhecer 8 mercearias tradicionais que resistiram à inovação, e também ao aparecimento dos supermercados. Estas pequenas lojas vendem produtos que não se encontram nos espaços convencionais e ainda produtos a granel.

1. Mercearia do Bolhão
A Mercearia do Bolhão é um dos maiores cartões de visita da cidade e escusado será dizer onde esta se localiza. É uma das lojas mais históricas do Porto e permanece de portas abertas e uma decoração e disposição de produtos que resistiu à passagem do tempo.

A Mercearia do Bolhão é muito procurada por produtos como bacalhau, vinho do Porto, queijos, enchidos, pão regional, frutos secos, mel, fruta cristalizada, azeite, especiarias e café. É um dos espaços que, certamente, merece a tua visita.

2. Mercearia do Galo
É na Rua de Santo Ildefonso, no nº 196, que encontramos a Mercearia do Galo, uma das mercearias mais concorridas da cidade. É num corredor único que a loja vende desde enlatados a bebidas, doces, azeites e frutos secos.

3. Pérola do Bolhão
A fachada não deixa enganar: chegámos à Perola do Bolhão, o que de mais típico há quando falamos em mercearias tradicionais. É, de facto, um dos ex-líbris da cidade e mantém-se de portas abertas até aos dias de hoje - mesmo depois de ter sido fundada há mais de 100 anos.

De geração em geração vive esta mercearia, que tem uma das montras mais apetecíveis do Porto. Há enchidos, queijos, arroz e todo o tipo de feijões. Os frutos secos são um dos cartões de visita, sobretudo no Natal, quando a mercearia é ainda mais procurada.

4. Feira do Bacalhau
Se falávamos do Natal, nele temos de nos manter para falar da Feira do Bacalhau. É certo que o nome pode induzir em erro, mas podemos garantir que esta é uma das mercearias tradicionais mais antigas do Porto - aliás, é a própria que afirma vender o melhor bacalhau da cidade desde 1925.

De facto, o bacalhau é o rei das mesas de Natal um pouco por todo o país e a verdade é que é a esta mercearia que muitos moradores se dirigem para comprar o melhor peixe da região. Nada como ver (e provar) para crer! Para isso, só tens de te dirigir à Rua do Bonjardim, nº 498.

especiarias.jpg


5. O Pretinho do Japão
Acreditamos que não há um portuense que não conheça O Pretinho do Japão, mercearia que ainda hoje se mantém no ativo. Este é um espaço de referência na cidade, vendendo todo o tipo de produtos - desde opções a granel a outras mais convencionais. Há folhas de chá, especiarias, doces, entre tantos outros produtos no nº 496 da Rua do Bonjardim.

6. Casa Cerdeira
É na Rua Santa Catarina que encontramos a Casa Cerdeira, uma das mercearias mais antigas. As bebidas nacionais (e estrangeiras) são um dos pontos fortes deste espaço histórico da cidade do Porto. Mas há mais, como é o caso dos queijos, carnes fumadas, sabonetes, fruta da época, entre tantos outros produtos.

7. Comer e Chorar Por Mais
Fundada em 1916, a Comer e Chorar Por Mais foi recentemente renovada, mas manteve a sua decoração e exposição intactas. Esta permanece uma das mercearias mais tradicionais da cidade e vende produtos como enchidos, queijos, fruta da época, pães, entre outros. A Comer e Chorar Por Mais está de portas abertas na Rua Formosa, nº 300.

8. A Favorita do Bolhão
De facto, o Bolhão é a zona primordial para encontrar mercearias, para além de outras lojas tradicionais. A Favorita do Bolhão é especializada na venda de frutos secos, chocolates, amêndoas e fruta cristalizada.

Nesta loja encontra-se, também, uma extensa garrafeira com vinhos de diferentes regiões, excelente para os adeptos desta bebida. Esta mercearia está aberta desde 1934 e continua a receber muitas visitas.
Categorias Relacionadas
sobre o autor
Luísa Santos
Content Writer

A paixão pelas palavras acompanha-a desde sempre e a curiosidade por aquilo que não sabe leva-a a verbalizar todas as...

ver perfil
61
Publicações
Experiência relacionadas