Luísa Santos28 Jan 2020

Os melhores puzzles e jogos de tabuleiro de sempre

Ainda existem e são muito vendidos.

Neste tema, a idade máxima não interessa, ao contrário da mínima - principalmente quando falamos de crianças, que devem ter determinada idade para jogar um puzzle (que, na maior parte das vezes, inclui peças muito pequenas).

Os puzzles e jogos de tabuleiro continuam na moda e a verdade é que, apesar da chegada dos jogos online, os primeiros nunca abandonaram as prateleiras das lojas. De facto, têm sido lançados novos modelos, com novos temas, que captam a atenção dos mais novos e dos mais velhos.

Os Puzzles e jogos de tabuleiro mais icónicos de sempre


1. Monopólio
Quem é que nunca passou horas intermináveis em frente a um jogo de Monopólio? Aquele que conseguisse comprar mais propriedades, ganhava, passando toda a partida a receber dinheiro dos adversários que "calhassem" nas casas já compradas.

O Monopólio é um dos jogos mais icónicos de sempre e continua a ser jogado em todo o mundo. Para além da tradicional versão, jogada com dinheiro falso, há outras que funcionam com cartões e ATM - o que demonstra a tentativa do jogo se aproximar à evolução tecnológica dos dias de hoje.

Mas a verdade é que, a sua génese, nunca se perdeu e ainda hoje são lançadas novas versões, com cidades diferentes e cada vez mais acessórios que tornam o jogo ainda mais desafiante e divertido.  Há aquelas mais direcionadas para adultos e também as que não se esquecem das crianças. Independentemente da versão, nunca falta o Rich Uncle Pennybags no topo da caixa, também conhecido como Sr. Monopólio.

2. Scrabble
Dois jogadores e muita criatividade. Sete letras de cada lado e muita vontade de ser quem pontua mais em todo o jogo. O Scrabble é um dos jogos de tabuleiro mais icónicos de sempre e está presente nos quatro cantos do mundo.

Ao estilo das tradicionais palavras cruzadas, o Scrabble consegue assumir, em simultâneo, o estatuto de puzzle e jogo, uma vez que o desafio é "encaixar" letras até formar palavras válidas. Cada letra tem uma pontuação associada, que varia de país para país, consoante a raridade da letra na língua em causa.

Ganha quem tiver mais pontos a partir das palavras formadas, num jogo que, passem quantos anos passarem, continua a ser um grande desafio para quem se aventura a construir as mais variadas palavras da língua portuguesa.

scrabble.jpg


3. Lego
Não, não nos enganámos ao referir o Lego nesta lista, até porque esta tem sido uma das marcas que mais se reinventou ao longo dos anos - com desafios cada vez mais complicados de concretizar. A Lego pode ser vista como um puzzle, sobretudo no que toca aos puzzle 3D.

Os desafios são tantos que o difícil é escolher e a verdade é que a marca tenta aproximar-se de todas as faixas etárias através dos temas que usa em cada lego. Há, por isso, opções para todas as idades, onde é frequente ver parceiras com outras marcas - como é o caso de desenhos animados infantis.

Contudo, a Lego vai mais longe ao apresentar outras coleções para construir, como é exemplo os edifícios mundiais mais conhecidos, que devem ser construídos sob a forma de um puzzle 3D. Mãos à obra e muita persistência são os ingredientes secretos para construir qualquer lego.

4. Trivial Pursuit
Um dos jogos de tabuleiro clássicos, que mais horas promete à sua volta, é o Trivial Pursuit, que hoje em dia pode ser encontrado em diferentes versões. No entanto, o seu objetivo é comum, isto é, desafiar o conhecimento de cada jogador com perguntas, lá está, triviais.

Para jogar este jogo é preciso uma grande dose de cultura, já que as perguntas se concentram em seis categorias diferentes: Geografia, Entretenimento, História, Arte e Literatura, Ciências e Natureza e Desporto e Lazer.

É depois do lançamento do dado que o jogador avança o número de casas "que saíram" e aterra nas cores correspondentes a cada categoria. Neste jogo, criado na década de 80, ganha aquele que responder corretamente às perguntas de cada categoria, arrecadando os seis queijinhos e respondendo à pergunta final antes de ser consagrado o grande vencedor.

A versão original é a mais desafiante, pelo que nem por isso é a mais indicada para ser jogada por crianças. No entanto, este jogo existe também numa versão familiar, que inclui perguntas mais indicadas aos mais pequenos.

5. Cluedo
Para jogar Cluedo é necessária uma boa dose de atenção e estratégia. O jogo de tabuleiro tem vindo a reinventar-se ao longo do tempo ao nível da imagem, mantendo intacto o objetivo do jogo. No seu início, as cartas são baralhadas e são retiradas três que, sem o conhecimento de nenhum dos jogadores, são colocadas ao centro do tabuleiro - dentro de uma capa protetora.

Cada uma das cartas identifica a personagem que foi morta, onde e com que arma. O desafio passa por fazer perguntas a todos os jogadores que, por sua vez, também têm três a quatro cartas com as restantes personagens, locais e armas.

Ganha o jogador que, por exclusão de partes, desvendar o mistério do homicídio principal através de várias perguntas que vai colocando ao longo do jogo aos jogadores que quiser. A estratégia é palavra de ordem neste que é um dos jogos de tabuleiro mais conhecidos de sempre.

Também de podes aventurar noutros clássicos, como é o caso das damas e do xadrez. Qualquer um dos jogos mencionados pode ser comprado numa loja de brinquedos ou nas grandes superfícies.
categorias relacionadas
sobre o autor
Luísa Santos
Content Writer

A paixão pelas palavras acompanha-a desde sempre e a curiosidade por aquilo que não sabe leva-a a verbalizar todas as...

ver perfil
61
Publicações
Experiência relacionadas