O seu navegador é demasiado antigo. Algumas funcionalidades poderão não funcionar.

Por favor faça download de um navegador mais recente aqui. Obrigado!

Diogo Marques08 Out 2021

Seguro de Vida: O que é?

Porque deves ter um seguro de vida.

Seguro de Vida: O que é? 


Neste artigo vamos explicar o que é um seguro de vida, porque deves ter um e como fazer um seguro de vida. 

1. O que é um seguro de vida 

Um seguro de vida é um contrato entre a seguradora e o tomador da apólice (quem faz o contrato), onde em caso de morte a seguradora paga ao beneficiário indicado pelo tomador, o valor contratado. Este valor é garantido desde que o tomador continue a pagar o prémio do seguro. 

2. Porquê fazer um seguro de vida 

Há três razões pelas quais as pessoas fazem seguros de vida: 
  • A primeira é em caso de fatalidade. Este seguro permite que seja pago mensalmente um montante à família da vítima. 
  • A segunda razão, é pelos benefícios fiscais que um seguro de vida garante. No caso das empresas, se o valor do prémio for menor que 15% do valor total de salários pagos na empresa, este valor é 100% dedutível em sede de IRC. Significa que a empresa está a contratar um serviço gratuitamente. No caso pessoal, em sede de IRS, há vários benefícios fiscais também. 
  • A terceira razão, é para servir como colateral. O crédito-habitação é um caso habitual: o banco quer garantir que em caso da pessoa que pede o crédito bancário falecer ou ficar inválida, este montante volte novamente para o banco. 

3. Como funciona um seguro de vida 

Quem faz um seguro de vida paga um valor à seguradora denominado prémio. 
As seguradoras trabalham de forma estatística, quer isto dizer que atribuem um grau de probabilidade de todos os clientes que têm um seguro de vida morrerem na mesma altura. Como é pouco provável, e as seguradoras têm milhões de clientes, significa que uma pessoa de vinte e poucos anos pode fazer um seguro de vida de €150.000 e pagar cerca €150 euros por ano. 
Está estatisticamente estudado que os seguros de vida são o tipo de seguros com um factor de persistência maior. Significa que as pessoas que fazem seguros de vida, raramente deixam de os pagar, o que interessa às seguradoras.

4. Preço de um seguro de vida 

O preço de um seguro de vida é calculado segundo determinados factores: idade, sexo, hábitos, profissão e rendimentos da pessoa. A estes factores é adicionada a probabilidade de vida da pessoa e é atribuido um preço dado o capital que está a ser contratado. Estes valores estão publicados no que é denominado de tabela actuarial. 
Para aprovação do seguro, a seguradora pode exigir exames médicos e declarações financeiras ao contratante, para perceber os riscos que essa pessoa tem diariamente. 
De qualquer forma o risco das seguradoras é mínimo, dado que acima de determinados montantes (normalmente €1.000.000) fazem o que se denomina de resseguro, onde várias se juntam para dividir o risco. 

Conclusão 

Neste artigo vimos o que é um seguro de vida, razões pelas quais se deve fazer um, como funciona do ponto de vista da seguradora e como é calculado o preço. Queres saber mais informação? Consulta esta calculadora aqui 
Categorias Relacionadas
sobre o autor
Diogo Marques

ver perfil
1
Publicações
Dicas relacionadas