Mara Domingues29 Jan 2020

roupa mulher

roupa homem

roupa desportiva

roupa criança

roupa bebé

Roupa nunca é demais

Quem não gosta de estrear uma peça de roupa nova?

Quem não gosta de ir às compras? 
Apesar de estarmos numa fase em que as compras que fazemos são cada vez mais conscientes e responsáveis, um trapinho novo vem sempre a calhar. 

Roupa para mulher. Roupa masculina. Peças exclusivas para crianças e bebés. Desportiva.

Roupa para todos os gostos e feitios. Para todos os corpos e carteiras. Para todas as ocasiões e momentos.

Moda Masculina

Já lá vai o tempo em que os homens não ligavam ao que vestiam. Tinham duas ou três peças, todas dentro do mesmo feitio e cor e quanto muito guardavam um fato e uma gravata, para os dias festivos.

O homem deste tempo, independentemente da sua idade, descobriu o quão bom é cuidar da sua imagem. As marcas masculinas, foram acompanhando essa evolução e adaptaram-se às novas tendências. O número de lojas de roupa para homem disparou e várias empresas, que anteriormente se focavam na moda feminina, agora dispõem, igualmente, de artigos para homem.

Os homens encontram lojas para todos os estilos. Lojas com roupa casual ou roupa informal, para o homem mais prático. Lojas com fatos de corte elegante e com uma panóplia de cores de camisas e padrões de gravatas. 
Felizmente os homens de fato e gravata deixaram de parecer todos iguais.

As possibilidades de conjugação de peças, é quase tão grande como as da moda de mulher.

A famosa questão de que, à porta de uma loja de roupa estão sempre vários homens, pobres e desgraçados, à espera das mulheres, já não bem assim. 

Muitos também entram, no entanto, encaminham-se para a sua seção ou em alternativa vão à procura das suas lojas. E ainda bem que assim é. 

Moda Feminina

Para a maioria das mulheres entrar numa loja de roupa e perde-se por entre cabides é terapêutico. Seguir para os provadores, cheias de peças para experimentar e poder levar grande parte delas, é ganhar um novo ânimo para tudo na vida.

À semelhança do que acontece nas lojas de roupa para homem, as senhoras têm uma variedade imensa de opções. Tão grande quanto a variedade de situações ou acontecimentos nos quais têm de estar presentes. 

As mulheres foram ganhando cada vez mais vaidade em se arranjar e de procurar o que melhor lhe assenta. As saias travadas e as camisas sensaboronas ficaram ultrapassadas. 

Calças, calções, corsários, macacões, vestidos, saias compridas, mini saias, túnicas, blusas, t-shirts, tops, etc, etc, etc…

Os pequenos também têm direito à moda 

Noutro tempo, as crianças andavam de fato de treino, de calças com joelheiras. Camisolas com golas gigantes no caso dos meninos, ou com gola de renda no caso das meninas.

Tal como acontecia com homens, também as crianças tinham um vestido ou um fatinho para as datas especiais. E, basicamente o guarda roupa ficava por aqui.

Hoje a roupa para criança e bebé ganhou uma enorme projeção e as lojas multiplicam-se. A moda infantil foi ganhando inúmeras variantes e criando novas tendências.
As crianças deixaram de andar todas de igual e foram-se desenvolvendo vários estilos diferentes. 

Até na moda para bebés, o conceito foi mudando. A velha máxima que as meninas vestem cor de rosa e os meninos só usam azul, está mais do que ultrapassada. 

As cores deixaram de ter género. As meninas continuam a usar cor de rosa, no entanto, também vestem azul ou verde. E, apesar de ter levado mais tempo, os rapazes passaram a vestir cores, tipicamente femininas. Cor de rosa, salmão, roxo ou lilás, não interessa. Usa quem gosta e quem se sente bem.

 A moda no desporto

Também a moda da roupa desportiva foi mudando e crescendo nos últimos anos. O fato de treino deixou de ser uma exclusividade das crianças para as aulas de educação física. Ou dos pais de família para ir ao centro comercial ao fim de semana.

O gosto pela prática do desporto e o aumento de praticantes veio desenvolver este estilo próprio de roupa. Este desenvolvimento, é bem visível na quantidade de grandes lojas de roupa de desporto que foram abrindo ao longo destes anos.

O estilo e a diversidade foram se adaptando às várias modalidades. Ou seja, existe roupa apropriada para corrida, para ginástica, para caminhada, para futebol e etc.
Os cuidados no seu fabrico, vão de encontro às necessidades de cada desporto.

Moda para todos

Ir bater perna para as lojas e comprar uma peça de roupa nova tornou-se num hábito, sem necessidade de existir um bom motivo para um trapinho novo. 
Deixámos de comprar roupa apenas nos aniversários ou no Natal. Todo o momento é o certo para acrescentarmos mais uma peça ao guarda roupa. 
Temos mais oferta. Mais variedade de estilos. Mais opções para nos identificarmos. 
E preços para todas as carteiras. Épocas de saldos e promoções que nos permitem ter acesso a algumas peças mais dispendiosas. 

Lojas em toda a parte com horários alargados para que todos tenham possibilidade de poder fazer mais umas comprinhas.
categorias relacionadas
sobre o autor
Mara Domingues
Redação e criação de conteúdos

O meu nome é Mara, muitas vezes confundido com Maria, Marta ou até mesmo Lara.
E onde entra a escrita na minha vida?...

ver perfil
62
Publicações
Experiência relacionadas