Sara Santos29 Jan 2020

Quais os tipos de terapias alternativas e para que servem?

Cuidar da saúde é sempre uma grande preocupação para todas as pessoas. A medicina tradicional continua a ter uma especial importância, mas as terapias alternativas vão ganhando uma atenção especial por parte de muitos indivíduos, no sentido de melhorar ainda mais o estilo de vida e apostar numa solução que traga benefícios não só para o corpo, mas também para a mente! Estás a pensar em experimentar e não sabes por onde começar? Continua a ler com muita atenção e começa desde já a melhorar o teu bem-estar e rotina!

Terapias alternativas: o que são? 

Provavelmente já ouviste dos termos: homeopatia, ayurveda ou reiki. Estas práticas não são mais nem menos do que as chamadas medicinas alternativas que têm tido cada vez mais adeptos em Portugal, mas também em todo o mundo. Como o próprio nome indica são alternativas que acabam por substituir a medicina convencional e são vistas como soluções complementares como forma de combinar estes dois mundos. Em Portugal, poderás encontrar as terapias alternativas em hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) ou até mesmo em centros de saúde que por norma seguem todas as condições legais. Por sua vez, os seus tipos são e dependem muito do que poderá ser tratado, mas o foco principal será sobretudo para atenuar a dor. Caso estejas a necessitar de um tipo de tratamento desta natureza os mesmos são os mais indicados para solucionar doenças reumatológicas, dores crónicas, fibromialgia, artrite crónica ou até atenuar os efeitos da quimioterapia em doentes oncológicos. 


Tipos de terapias alternativas

·        Ayurveda

As suas origens remontam à Índia e concentram-se nos cinco elementos básicos da natureza: água, fogo, terra, ar e éter. É uma terapia que recorre a técnicas de massagem, à nutrição, fitoterapia, entre outros métodos que se baseiam no estudo do corpo, alma e mente. Nestas medicinas alternativas acredita-se que existem energias presentes no nosso corpo, na mente e no meio onde estás inserido. Por sua vez, quando surge um desequilíbrio energético originado por problemas emocionais, má alimentação ou traumas físicos concentram-se toxinas que dão origens a doenças no nosso corpo. 

A medicina Ayurveda complementa várias formas de tratamento registando efeitos no corpo como: hidratação da pele, aumento da força e melhoria da circulação sanguínea. Para além disso, corrige de certa forma desequilíbrios que o teu corpo possa apresentar como alergias, ansiedade, diabetes, tensão alta ou até mesmo depressão. Ao recorreres a estas terapias alternativas terás a oportunidade de experimentar técnicas como: respiração, autoconhecimento e outras técnicas corporais como forma de renovares toda a energia do teu corpo. 

·        Homeopatia

A homeopatia tem como foco principal a doença, onde existe um estímulo do organismo para se defender. É um dos tipos de medicinas alternativas que usa medicamentos em doses pequenas para o tratamento de situações como ansiedade, stress, depressão ou ainda asma, fibromialgia e insónia. Os medicamentos utilizados na homeopatia são de origem vegetal, animal e mineral, sendo ultra-diluídos de acordo com as normas legais estabelecidas. 

·        Reiki

O reiki recorre sobretudo ao uso das mãos como os principais instrumentos de cura. Assim, através de toques suaves, os terapeutas conseguem de certa forma estimular todos os centros de energias presentes no teu corpo e faz com que essa mesma energia seja realinhada. Este tratamento é considerado uma técnica de relaxamento que produz efeitos positivos na diminuição do stress, cansaço e estímulo do sistema imunitário. O teu corpo irá ficar totalmente refortalecido e irás sentir uma diferença enorme na recuperação de uma doença ou até de uma cirurgia. 

·        Osteopatia

A osteopatia é uma das terapias alternativas mais recentes com origem nos Estados Unidos da América. Aqui o centro de tudo são todos os sistemas do nosso corpo que se encontram interligados e o objetivo é reestabelecer todo esse equilíbrio. O foco está na coluna vertebral, onde são trabalhados os músculos, as articulações e os vasos sanguíneos. A osteopatia é recomendada no tratamento e prevenção de doenças relacionadas com o esqueleto como: tendinites, dor na costas e dor ciática ou até mesmo hérnias. Estes sintomas são muitos comuns hoje em dia e exigem uma intervenção cuidada, por isso caso seja essa a tua situação é aconselhável recorrer à osteopatia. Irás notar resultados imediatos! 

Benefícios das medicinas alternativas

 Os usos das terapias alternativas têm aumentado significativamente com o passar do tempo. Os médicos e os pacientes passam assim a recorrer a este tipo de tratamento como forma de alterar estilos de vida e melhorar significativamente o seu bem-estar. Ao aderires às terapias alternativas só encontrarás benefícios para a tua saúde como: 

·        Alívio da dor

A maioria das pessoas recorrem às medicinas alternativas como forma de encontrarem um melhor conforto e ao mesmo tempo um alívio da dor. A quimioterapia pode revelar-se eficaz na maior parte dos casos, mas no que diz respeito à dor causada nos indivíduos pode ser um autêntico sofrimento. Desta forma, a maior parte dos pacientes quer reduzir os efeitos dos tratamentos de quimioterapia e acaba por recorrer a terapias alternativas para controlar efeitos como: dores de cabeça, vómitos ou até mesmo fadiga. 

·        Custos reduzidos

As terapias alternativas são também uma solução mais económica e rentável em relação aos tratamentos da medicina convencional. Por sua vez, o custo de muitos “medicamentos” à base de ervas naturais acabam por compensar em comparação aos métodos tradicionais. 

·        Saúde Mental

Porque além do estado físico, o estado psicológico também é muito importante e as medicinas alternativas são uma mais valia tanto para o bem-estar como para a cura da mente. Tipos de tratamento como meditação ou reiki tornam momentos bastante tensos em total relaxamento e redução imediata de stress. Por sua vez, as terapias alternativas que recorrem ao uso da música conseguem aliviar no paciente sintomas de depressão, estimulando a sua mente e oferecendo momentos de melhor bem-estar e qualidade de vida. Além disso, quem pratica terapias energéticas deste tipo consegue ter uma redução significativa de stress! Pensa bem na tua saúde mental pois ela está acima de tudo! Porque o psicológico pode manifestar-se de imediato no físico! 

·        Redução dos efeitos secundários

Um dos grandes benefícios das terapias alternativas é a sua eficácia e ao mesmo tempo a redução significativa dos efeitos secundários que são quase ou mesmo nenhuns. Ao contrário, na medicina convencional os efeitos acabam por ser mais frequentes e visíveis e por vezes graves por causa de medicamentos e tratamentos associados. 

Se estás a pensar em adotar as medicinas alternativas é uma boa aposta pois todos os tipos apresentados acabam por se revelar mais seguros. Conseguirás ter um estilo de vida muito mais saudável e conseguirás controlar com mais facilidade todo o stress diário e todas as preocupações que vão surgindo. 
categorias relacionadas
sobre o autor
Sara Santos

ver perfil
32
Publicações
Dicas relacionadas