Luísa Santos29 Jan 2020

tubos e acessórios

tratamento de águas

material de canalização

Substituir a canalização antiga: como e porquê

A canalização deve ser substituída a cada 25 anos.

Com o passar do tempo, é raro lembrarmo-nos da importância que tem manter um bom sistema de canalização, suficientemente seguro para a nossa saúde. De facto, não é algo que esteja ao nível dos nossos olhos no dia-a-dia, acabando por cair em esquecimento e provocando danos graves.

A importância de substituir a canalização

Da mesma forma que outros materiais entram em deterioração, o mesmo acontece com os tubos e acessórios , nomeadamente os canos.

É frequente que estes materiais comecem a ficar danificados a partir do seu interior e, quando os sinais começam a afetar a parte exterior, já é tarde demais para afirmar se não houve implicações para a saúde das pessoas que usaram essa água.

De facto, falamos de um assunto muitas vezes menosprezado por, geralmente, não invadir a nossa memória da mesma forma que outros objetos o fazem. No entanto, é importante que nos lembremos de substituir a canalização de 25 em 25 anos.

Normalmente, as divisões da casa que têm esse sistema são a cozinha e a casa de banho, bem como todas aquelas onde utilize água canalizada. Os danos mais graves podem ter implicações para a saúde e acontecem, sobretudo, em casa mais antigas que ainda têm canos em metal.

O metal, por sua vez, ganha ferrugem e começa a deteriorar o material lentamente. Contudo, quando a danificação é visível da parte exterior, é muito difícil conseguir reverter a situação. Ainda assim, a substituição da canalização também se aplica às pessoas que têm canos a gás, que devem ser revistos de igual forma.

Porque é que deves substituir a canalização
Suponhamos que habitas numa casa/apartamento antiga(o) e que queres renovar uma divisão da casa, como a cozinha ou a casa de banho. Se deixares de parte o sistema de canalização, o mais provável é que a divisão inunde mais rápido do que possas pensar.

Não precisamos de, necessariamente, pintar um cenário de remodelações, porque os danos provocados por um sistema de canalização antigos são igualmente graves. Para além de ganharem ferrugem e bactérias e, assim, contaminarem a água, podem também romper e provocar infiltrações.

Nesses casos, é frequente que as infiltrações afetem, também, os teus vizinhos. O prejuízo será ainda maior, isto porque reverter uma infiltração, ou até mesmo uma inundação, é um processo moroso e muito dispendioso.

Quando substituir a canalização: principais sinais
Em alguns casos, os primeiros sinais de que deves substituir a canalização acontecem antes do prazo de 25 anos que mencionámos anteriormente. Como tal, é importante que estejas atento a algumas alterações sensoriais e visuais que acusam o mau estado do sistema e da própria água:

  • Água com sabor metálico;
  • Água com cor avermelhada/acastanhada;
  • Água contaminada com pequenas partículas;
  • Odor desagradável proveniente dos esgotos.

Caso notes a existência de algum destes sinais, deves proceder à substituição dos canos rapidamente. Escusado será dizer que é absolutamente desaconselhável que bebas a água que provém dessa canalização. O tratamento de águas que acontece antes do líquidos chegar a tua casa torna-se, por isso, inútil.

O mesmo se aplica aos sistemas de canalização a gás, que representam um perigo ainda maior caso não sejam substituídos atempadamente. Isto acontece porque, no caso de existirem ruturas, o mais provável é que haja fuga de gás e, por conseguinte, risco de explosão. Escusado será dizer que, se viver num apartamento, os danos estendem-se com facilidade ao resto do prédio.

Como substituir a canalização
Por esta altura, já terás percebido a importância de manter a qualidade da água que bebes e do sistema de canalização que a transporta. Caso tenhas experienciado algum dos sinais mencionados anteriormente, deves apressar-te a tomar medidas.

Há várias empresas especializadas no serviço, pelo que não aconselhamos que te encarregues do trabalho sozinho. Um aconselhamento profissional, e consequente concretização do trabalho, são essenciais para uma situação deste género.

É certo que não falta material de canalização à venda e, ainda que te possas encarregar da compra do mesmo, não aconselhamos a que o faças sem recorrer a ajuda profissional primeiro.

Como percebeste, estamos a falar de uma situação que, se não for devidamente cuidado, por resultar em danos muito graves à saúde. Por isso, deves contratar uma empresa de canalização como as que seguem:


Através de uma rápida pesquisa na Internet, facilmente perceberás a quantidade de oferta que existe neste setor. Por isso, antes de escolheres uma dessas empresas, é aconselhável que te informes sobre os serviços específicos que cada uma desempenha, assim como o orçamento que propõem.

Recolhe mais do que uma proposta e compara todos os valores que recebeste. Pode ser igualmente vantajoso que filtres a tua pesquisa por localização, já que assim garantes que estás a procurar empresas na tua área de residência (ou perto da mesma). E lembra-te: não te aventures sozinho.
categorias relacionadas
sobre o autor
Luísa Santos
Content Writer

A paixão pelas palavras acompanha-a desde sempre e a curiosidade por aquilo que não sabe leva-a a verbalizar todas as...

ver perfil
61
Publicações
Dicas relacionadas