Mara Domingues29 Jan 2020

gás e gás natural

O gás mais seguro para a sua casa e para o ambiente

A alternativa amiga do planeta!

Nos últimos anos temos ouvido falar muito em gás natural. As casas de construção mais recente, já vêm equipadas com instalações para este tipo de gás.

O estado de degradação do nosso planeta, obrigou a se procurassem outras fontes de energia, mais sustentáveis e amigas do ambiente. Combustíveis que não deixem uma pegada ambiental tão grande como os que temos vindo a utilizar.

Segundo os entendidos, a quantidade de gás natural encontrado, tem reservas para 120 anos de consumo, no entanto, o número pode ultrapassar os 250 anos se forem tidas em contas todas as reservas globais. 

Mas afinal o que é o gás natural?

Este gás emerge da decomposição da matéria orgânica, tanto animal como vegetal, que foi sendo acumulada durante milhões de anos em aterros subterrâneos.

O processo que ocorre desde a extração até chegar às nossas casas, não tem grandes interferências de transformação industrial. Ou seja, esta fonte de energia é utilizada quase no seu estado puro. 
70% da sua matéria, é composta por gás metano.

Este gás metano, não tem cor nem tem cheiro. Em contato com a água, não tem a capacidade de se dissolver, no entanto, se lhe juntarmos ar, pode provocar uma enorme explosão. Uma das grandes fontes de gás metano, é o resultado malcheiroso da digestão das vacas.

O gás natural é a grande aposta de futuro para gerar energia.

Um gás mais seguro

O gás natural ao ser menos inflamável que outras fontes de combustível, atinge uma temperatura alta no momento da ignição. Por exemplo, em comparação com a gasolina, a sua temperatura duplica.

Outra grande vantagem, no que diz respeito à segurança, prende-se com o facto do risco de explosão ser menor do que com outro tipo de gás. O gás natural é mais leve do que o ar, por isso, se existir uma fuga, irá dissipar-se rapidamente.

Devido às suas caraterísticas, não há necessidade de armazenar este gás em recipientes de alta pressão. Logo o risco de acidente também mais pequeno.

Este pormenor do armezamento, também tem um efeito na circulação de veículos pesados de materiais perigosos. O número de viaturas deste tipo a circular na estrada diminui.

Um gás mais prático

Não precisas de te preocupar em comprar as botijas, em as carregar até casa, pôr e tirar. Acabaram-se a dores nas costas.Também vais ganhar mais espaço na cozinha. O gás natural é canalizado. 

Aquela sensação de estares a tomar um bom banho e de repente… água gelada a escorrer pela cabeça até às costas, acabou!!! Já não corres o risco de o gás acabar a meio do banho (salvo algumas exceções).

Passas a pagar apenas, única e exclusivamente o que consomes. E melhor só pagas depois de consumires. Deixa de haver o pagamento de vasilhame e de teres de adiantar o valor da botija.
 
Um gás mais ecológico

A qualidade do ar que respiramos ganha e muito com a introdução do gás natural, já que se trata de um combustível fóssil. 
Como tem uma queima mais limpa e sem fuligem, gera menos CO2. Não nos podemos esquecer que o dióxido de carbono (CO2) é dos principais responsáveis do efeito de estufa no planeta.

Não só o ar é mais limpo, como os equipamentos e utensílios conservam-se em plenas condições, durante mais tempo.

Os benefícios do gás natural estendem-se ao meio ambiente. Este tipo de gás não necessita de tratamentos químicos nas refinarias. O tipo de tecnologia empregue é já usado nas cidades mais desenvolvidas de todo o mundo.
 
Um gás mais económico

Como só pagas o que consomes, consegues controlar muito melhor os teus gastos e poupanças.
O gás natural, em comparação com outras fontes de energia, tem um preço mais acessível.
Como já vimos anteriormente, o facto de ser um gás mais “limpo” e de ajudar a manter os equipamentos em condições por mais tempo, far-te-á poupar em arranjos e manutenções.
 
Quando utilizado recorrentemente, baixa o nível de consumo de energia, logo a o valor da fatura também irá baixar.

Um gás mais versátil 

O gás natural não serve apenas para aquecer a água do banho e para cozinhar. Os tipos de utilização são muito variados devido ao seu enorme potencial.

Em casa, para além do uso na cozinha e na casa de banho, também ocupa um lugar no que diz respeito ao aquecimento nos dias mais frios.

Mas não só são os particulares que usufruem dos benefícios do gás natural. No comércio, é também utilizado na confeção de alimentos, no aquecimento das águas e ainda na climatização, quer no que diz respeito ao aquecimento, quer à refrigeração. 

Já na industria, os usos são mais do que muitos. O gás natural, permite produzir força eletromotriz e gerar energia química e térmica. Para além, de que é a matéria prima em alguns produtos de origem química e combustor nos processos de produção.

O gás natural, é igualmente utilizado no abastecimento de diversos tipos de automóveis.
categorias relacionadas
sobre o autor
Mara Domingues
Redação e criação de conteúdos

O meu nome é Mara, muitas vezes confundido com Maria, Marta ou até mesmo Lara.
E onde entra a escrita na minha vida?...

ver perfil
62
Publicações
Dicas relacionadas