Miguel Arranhado16 Nov 2019

explicações

Como escolher um Centro de Explicações

Um centro de explicações pode dar aquele empurrão que faltava ao teu filho.


Um pouco por todo o país, para além do tempo que passam na escola, muitos alunos frequentam Centros de Estudos <link-sub-cat-centros-de-estudos> ou Centros de Explicações <link-sub-cat-explicacoes>, onde encontram, principalmente, apoio pedagógico personalizado ao seu estudo. Em grande parte dos centros, é possível escolher entre ter explicações individuais ou em grupo, para uma disciplina específica ou um conjunto de disciplinas.

Desta forma, pretende-se complementar o trabalho desenvolvido na escola, enquanto se enriquece aprendizagens e promove o gosto pelo conhecimento e pelo estudo. É também um local ideal para a realização dos trabalhos de casa, esclarecer dúvidas e ajudar na preparação de testes e exames nacionais. É através de todos estes aspetos que se procura motivar os alunos e contribuir para o seu sucesso escolar.

Escolher um Centro de Estudos


Nem sempre é fácil para os pais escolherem um bom Centro de Estudos. Para muitos, tudo começa com visitas aos centros mais próximos de casa ou da escola, seguindo recomendações de familiares ou amigos e comparando o valor das mensalidades nos diferentes estabelecimentos.

Começa por avaliar e decidir se a inscrição num Centro de Estudos é, realmente, a melhor opção. Não te esqueças que demasiadas responsabilidades escolares e atividades extracurriculares podem sobrecarregar as crianças, reduzindo o tempo que têm para brincar e descansar.

Tens a certeza que não estás a exigir demasiado do teu filho e que o Centro de Estudos irá ser uma ajuda genuína a ultrapassar determinadas dificuldades e a atingir os melhores resultados. Se chegares à conclusão que, de facto, é uma boa opção, se o teu filho demonstrar interesse e o ajudar a alcançar os objetivos que pretende, existem ainda outros fatores que deves ter em consideração, quando chegar a altura de escolheres um Centro de Estudos.

Localização e horário


Para facilitar na mobilidade da criança, escolhe um Centro de Estudos que fique localizado perto da escola ou perto de casa, com bons acessos, estacionamento próximo e transportes públicos com paragens nas imediações. Assim, será possível fazer todas as deslocações para as explicações de forma mais rápida e segura.

É também importante perceber se o centro está aberto de manhã, uma vez que muitos deles optam por abrir apenas ao início da tarde, de segunda a sexta-feira, tendo em conta que muitas crianças têm a maior parte da manhã ocupada na escola.

Soma as horas que a criança passa na escola e as horas que passará no Centro de Estudos para teres a certeza de que a carga horária não é excessiva.

Instalações


Ao entrar num Centro de Estudos, existem determinadas características que são importantes para que o acompanhamento da criança seja bem feito. O espaço deve ser seguro, confortável, visualmente apelativo, com salas suficientemente amplas, bem iluminadas e arejadas, equipamento adequado e casas de banho.

Possivelmente, podem existir outros espaços que sejam importantes. Uma receção e sala de espera, uma sala de estudo individual, uma sala com computadores e acesso à Internet e uma pequena biblioteca podem ser características interessantes, que podem também contribuir para o sucesso escolar do teu filho.

Claro que nem todos os Centros de Estudos oferecem todas estas condições. No mínimo, deves é ter a certeza de que encontras um ambiente agradável, propício ao estudo, à concentração e à criatividade. Antes de tomares uma decisão, faz uma visita pelas instalações e fica a conhecer bem o pessoal docente.

Material escolar e recursos pedagógico-didáticos


O Centro de Estudos deverá sempre disponibiliza material pedagógico-didático adequado aos níveis de ensino dos seus alunos.

É importante que no local existam gramáticas e dicionários (monolingues e bilingues), enciclopédias, cadernos, manuais escolares para cada disciplina, livros de apoio com exercícios, material de escrita e de desenho, calculadoras, agrafadores e furadores. Para além disso, se cada sala tiver um quadro, pode ser algo que apoia as aulas de apoio.

A maioria dos Centros de Estudos tem também fotocopiadoras ou impressoras para que cada aluno possa imprimir os seus trabalhos ou exercícios para levarem para casa. Contudo, é possível que, em alguns estabelecimentos, os pais tenham de pagar por estas fotocópias, para além da sua mensalidade.

A Equipa


De vez em quando, conversa um pouco com os profissionais que trabalham no Centro de Estudos. Tenta conhecer melhor o seu método de trabalho e perceber como é que o teu filho está a evoluir.

É importante perceberes que, para além dos responsáveis pelo centro, se os explicadores e professores são qualificados, responsáveis, dinâmicos, motivadores e se estão familiarizados com os programas e as metas curriculares de cada ano letivo. 

Número de Alunos


É muito importante perceberes a capacidade que cada sala de estudo tem. Certifica-te de que há poucos alunos por sala, de forma a que cada um se possa concentrar e estudar tranquilamente.

Caso o centro tenha muitos alunos, confirme se existem explicadores suficiente para haver um bom acompanhamento individual.

Mensalidade


É muito comum encontrar Centros de Estudos que oferecem inscrições gratuitas e descontos para irmãos de alunos. Os valores das mensalidades variam muito de local para local. Por isso, informa-te bem sobre a data limite para o pagamento de cada mensalidade e como deves proceder, caso queiras desistir ao longo do ano.

É normal que querias sempre optar pela solução mais amiga das tuas economias, deixando para segundo plano alguns fatores que deverias ter em consideração. Contudo, nunca te esqueças que os professores que trabalham em Centros de Estudos não têm um ordenado fixo, porque são trabalhadores independentes que prestam serviços em regime parcial. Por isso, procura, sempre que possível, manter um equilíbrio justo entre a remuneração que pagas ao explicador e a exigência de um compromisso de qualidade e excelência. 
categorias relacionadas
sobre o autor
Miguel Arranhado
Consultor de Marketing Digital

Já fui chamado por muitos nomes. “Editor”, “Chato”, “Chefinho”, ou (o meu preferido) “Mini-Chefe”. Sou amante das...

ver perfil
45
Publicações
Dicas relacionadas