Nadine Mussá28 Jan 2020

Precisas de um carpinteiro ou de um marceneiro?

Aprende as diferenças entre carpinteiro e marceneiro e a perceber qual dos profissionais é o mais adequado para ti

Algumas profissões, por exemplo, carpinteiros e marceneiros, podem ser facilmente confundidas pelo público em geral, ou especialmente por jovens, por parecerem ser semelhantes, terem o mesmo objeto de trabalho, ou por desconhecimento das diferenças de trabalho com a mesma matéria-prima. Isto acontece com marceneiros e carpinteiros por ambos trabalharem com madeira, no entanto, os objetivos dos profissionais, neste caso, divergem. 
 
 Hoje, embora focando-nos no trabalho dos profissionais da carpintaria, pretendemos dar-te a conhecer o trabalho de ambas as áreas para que procures o serviço para o resultado que procuras. Fica então a conhecer os focos destes trabalhadores de madeiras para que tomes uma decisão informada. A técnica e as características destas profissões podem ser lidas abaixo.

 
 Marceneiros
De um modo geral, podemos afirmar que os marceneiros se focam num tipo de trabalho mais específico – aquele dedicado aos móveis – sendo que podemos então explicar que se trata de um trabalho mais fino e delicado no sentido em que é minucioso e aplicado a construção, conservação e restauração de móveis, bem como objetos decorativos de madeira. Os marceneiros, apesar de hoje em dia usarem maquinaria específica – por vezes pesada – e equipamentos precisos, são considerados artesãos ou até mesmo artistas, mais do que trabalhadores exaustivos da sua matéria-prima. A dita matéria-prima é diferente da dos carpinteiros no sentido em que chega até si já preparada para ser trabalhada e transformada em móveis, maioritariamente. É a um marceneiro, também, que se deve dirigir para que os seus móveis ou objetos decorativos sejam alterados, renovados, reparados, ou reciclados. Podemos dizer, então, que a marcenaria evoluiu da carpintaria antiga e que se foca no que pode ser chamada de profissão orientada para móveis provenientes de madeiras nobres e de alta qualidade para, no caso da construção civil – que mencionaremos abaixo na carpintaria – nos meandros das portas, janelas e trabalhos semelhantes. Sendo a marcenaria uma ramificação da carpintaria, o seu objeto de trabalho é partilhado, porém, os marceneiros trabalham em bancadas para corte, entalhamento e encaixe de madeiras de forma precisa e habilidosa para que possam trabalhar o desenvolvimento e tratamento dos seus resultados de trabalho, enquanto os carpinteiros estão orientados para um trabalho mais adaptado ao nível industrial.


 Carpinteiros

Carpinteiro artesanal a trabalhar madeira
Carpinteiro artesanal a trabalhar madeira

A carpintaria, por outro lado, tem como objeto de trabalho as madeiras maciças, madeira em estado bruto. É uma profissão milenar, que evoluiu ao longo dos tempos. Um carpinteiro necessita de qualificações que não são obrigatórias para um marceneiro. Falamos, por exemplo, de especializações no ramo da geometria, porque as suas técnicas têm de ser particularmente precisas ao milímetro para a construção de um edifício, seja qual for a sua natureza. Os trabalhos que este profissional executa podem ser explicados como obras de maior dimensão, como escadas, portas, telhados, soalhos, deques, armações, vigas, e outros objetivos envolvidos na construção e estruturação de uma casa. São os carpinteiros, também, quem está devidamente preparado para executar trabalhos como a construção de sets para filmes, séries, ou outras obras nas áreas do pequeno ecrã, do grande ecrã, e até mesmo para peças de teatro. Além da geometria, existem outras áreas nas quais um carpinteiro deve estar qualificado, como a matemática e o desenho. Isto acontece devido ao conhecimento estrutural que esta profissão requer para, por exemplo, construção civil ou naval. Cabe aos carpinteiros conhecer bem os diferentes materiais de trabalho, o que diverge em cada tipo de madeira e de que modo pode trabalha-lo para atingir os resultados indicados. A educação de um marceneiro e de um carpinteiro vem das mesmas fontes, porém, no caso dos carpinteiros, existe uma maior exigência, um exemplo que se pode dar é o trabalho ao ar livre ou um esforço físico mais significante. No que diz respeito a ferramentas, ambos os profissionais poderão ter de usar recursos semelhantes, no entanto, neste momento, já deves ter entendido que existem profissionais diferentes para os objetivos pretendidos.
 
 Fatores que podem ajudar a decidir qual o profissional que procuras:
• Procuras um profissional para construção ou recheio? 
 • O trabalho do qual necessitas aproxima-se mais de artesanato ou fins industriais? 
 • Que tipo de madeiras precisas que sejam trabalhadas? 
 • Estás a precisar de planear uma casa ou a sua decoração? 
 • A precisão necessita de preparação disciplinar ou apenas experiência? 
 • Procuras um carpinteiro no sentido lato do termo ou numa área mais específica? 
 
 Esperamos que esta publicação te tenha esclarecido as dúvidas em relação a que tipo de profissional se adequa às tuas necessidades, e que procures junto dos nossos recursos os contactos de trabalhadores especializados nos fins que pretendes atingir.

 Lê mais sobre estes temas em serviços ou aqui

 

 

Categorias Relacionadas
sobre o autor
Nadine Mussá
(Copy/Content) Writer

Escritora há largos anos, em vertentes desde copy a content, passando por jornalismo.

Neste projeto contribuiu...

ver perfil
14
Publicações
Dicas relacionadas